Como montar uma lavanderia: funcionários

Neste artigo da série sobre como montar uma lavanderia, vamos dar atenção melhor aos funcionários de uma lavanderia.

Afinal de contas, quem faz a grande diferença em uma lavanderia são os funcionários, através de seu conhecimento, técnica, presteza, qualidade de serviço e bom atendimento.

Pessoal necessário

Você pode abrir uma lavanderia com apenas uma pessoa: você. Isso permite que você comece como MEI (veja mais sobre isso abaixo) e mantenha os custos com impostos bem baixos.

Mas, conforme você vai crescendo e atendendo mais clientes, é imprescindível que você encontre pessoas para trabalhar com você e ajude a crescer mais.

Entre os funcionários necessários para uma lavanderia, podemos elencar:

Lavador ou lavadeira

É um profissional que requer responsabilidade para realizar as tarefas, já que o menor erro pode colocar tudo a perder. Precisa dominar a técnica de lavagem de roupas, com conhecimento dos tecidos e tipos específicos de manchas, além dos produtos químicos necessários para realizar a tarefa. Obviamente, um erro ou serviço mal feito pode estragar a reputação da lavanderia, mas o efeito contrário é verdadeiro: uma mancha difícil removida pode trazer ótima repercussão para a lavanderia.

Passador ou passadeira

É o profissional que vai chegar o resultado da lavagem, e passar e/ou engomar a roupa. Ele é o profissional responsável pela qualidade do serviço, sempre buscando entregar roupas de forma a encantar o cliente. Também requer treinamento específico.

Entregador

Além dos requisitos básicos de saber se locomover e conhecer bem na cidade, o entregador é, muitas vezes, a interface da empresa com o cliente. Portanto, vale a pena investir em treinamento sobre atendimento ao cliente com esse profissional, além de procurar perfis mais comunicativos.

Administrativo/atendimento

Se a função de atendimento, caixa e administrativo geral não estiver sendo feita por você, então você precisará de um funcionário para isso, especialmente se você tiver um ponto de venda voltado para a rua. Neste caso, vale a pena também o treinamento em atendimento ao cliente.

Gestão de pessoas

Selecionar pessoal para que a produção e atendimento ao cliente seja sempre de bom nível é fator fundamental. Algumas características do funcionário de uma lavanderia são:

  • Consciência ambiental: lavanderias utilizam grande quantidade de água e produtos químicos. Ter funcionários que tenham a consciência ambiental para evitar desperdícios e apontar melhorias do processo é altamente recomendado
  • Atendimento ao cliente: além da qualidade do serviço, um dos pontos mais fundamentais para manter os clientes fiéis.

Note-se a importância da motivação dos funcionários. Manter o pessoal constantemente motivado e estimulado, fará com que a produção e atendimento seja sempre impecável.

Treinamento é essencial para manter a qualidade do serviço, mas também ajuda na motivação dos funcionários. Invista em treinamento.

Custos de funcionário

Se o faturamento anual não passar de R$ 84.000,00, o dono do negócio pode optar pelo regime de Microempreeendedor Individual (MEI). Nesta situação, o empreendedor pode ter apenas 1 funcionário.

Na situação de MEI, o custo para o empreendedor será o seguinte:

  • Se ele não tiver empregado:
    • 5% do salário mínimo vigente para contribuição de INSS, mais
    • R$ 5,00 de ISS
  • Se ele tiver empregado:
    • O salário do empregado (que deve ser um salário mínimo ou o mínimo da categoria na região)
    • 8% sobre o salário para INSS (descontado do salário do funcionário)
    • 3% sobre o salário como INSS patronal (pago pelo empreendedor)
    • Além dos custos relacionados acima

Se a lavanderia não for MEI, então os custos aumentam em tamanho e complexidade. Uma empresa que seja adepta ao SIMPLES (a grande maioria dos casos), tem os seguintes custos mensais com funcionário:

  • 8% sobre o salário do funcionário para FGTS
  • 20% sobre o salário de INSS patronal
  • Provisões mensais para:
    • 13º salário: 1/12 do salário
    • Férias: 1/12 do salário
    • Adicional de férias: 1/36 do salário
    • FGTS de 13º e férias: 0,16% do salário
    • INSS de 13º e férias: 3,89% do salário

Isso se soma a outros benefícios que porventura você ofereça:

  • Vale transporte
  • Vale refeição
  • Plano de saúde
  • Outros benefícios

Deve-se lembrar que hora-extra deve ser calculada quando funcionário trabalha em horários fora de sua agenda.

Além disso, quando o funcionário deixa de trabalhar na empresa, é preciso ser feito a rescisão e isto gera um montante em verbas rescisórias a serem pagas. Consulte esse artigo sobre calcular rescisão para entender melhor.

Por causa desse volume de cálculos e mais contas, reiteramos a necessidade de você ter uma boa assessoria em contabilidade, em especial alguém que entenda muito bem de departamento pessoal. Assim você evita gastar dinheiro em excesso.

Conclusão

Neste artigo nosso intuito era dar enfoque maior para os funcionários de uma lavanderia. Estes, muito mais que equipamentos caros e ponto conveniente, são as verdadeiras joias do negócio. Esperamos que tenham entendido a importância do treinamento e de uma boa assessoria de departamento pessoal.

Como montar uma lavanderia: Custos mensais

No post anterior, nós introduzimos o assunto de como montar uma lavanderia de pequeno ou médio porte.

Neste artigo, nós vamos explorar melhor os custos mensais de uma lavanderia e como gerenciá-los.

Custos fixos x custos variáveis

Antes de mais nada, vamos definir o que são custos fixos e custos variáveis.

Numa empresa, o custo variável são aquelas despesas relacionadas à realização do serviço ou produção do produto. Em uma lavanderia, por exemplo, o custo de manutenção das máquinas, os funcionários que trabalham na produção, a água e energia elétrica gastas pelas máquinas são os custos variáveis. Ela se chama variável porque, se você aumentar a produção, esse custo aumenta.

De outra forma, os custos fixos são aqueles gastos necessários para dar suporte ao negócio. O telefone da recepcionista, a energia usada pelos computadores e recepção, material de escritório, são exemplos de custos fixos. Não importa se tem muito ou pouco serviço no mês, esses custos normalmente são os mesmos.

É importante saber esses conceitos porque isso ajuda a gerenciar melhor os gastos e a definir um preço de serviço.

Aluguel e/ou condomínio

Este é um custo fixo que não tem muito como escapar. A não ser que o ponto seja seu (por exemplo, sua lavanderia é na sua casa), você vai ter que pagar aluguel, e se for em shopping, terá que pagar condomínio.

Máquinas e equipamentos

Primeiramente, você tem o custo de aquisição das máquinas. Dependendo do tamanho do negócio, isso pode variar de cerca de R$ 5.000,00 a R$ 1.000.000,00.

Mas é importante lembrar que nenhuma máquina é perfeita, e eventualmente elas quebram. Neste caso, você precisa calcular o custo de manutenção preventiva que essas máquinas têm, usando os valores para técnicos, peças e suprimentos.

Também deve-se lembrar que o maquinário não dura para sempre e eles tem uma depreciação ano a ano. A depreciação é o quanto este equipamento perde de valor até o ponto em que ele deixa de servir ao ser propósito. Neste momento, é necessário se desfazer do equipamento antigo e comprar um novo. 

A grande diferença nos equipamentos profissionais das máquinas de lavar caseiras está no custo de manutenção e na depreciação. Máquinas de lavar caseira, mesmo as muito caras, não são preparadas para funcionar 8 horas por dia, 22 dias por mês. Isso resulta em um ritmo crescente de paradas para manutenção, troca de peças caras e até mesmo fim precoce da vida útil. Conforme seu negócio for crescendo, considere trocar os equipamentos para máquinas profissionais. O preço inicial é bem alto, mas são equipamentos que vão durar anos com muita carga de trabalho.

Energia elétrica e água

Essas são os dois maiores custos de uma lavanderia.

Novamente, existe uma diferença entre os equipamentos caseiros e profissionais. Equipamentos profissionais tendem a gastar menos água e energia. Diz-se que são mais eficientes.

Mais um detalhe: para secadoras, prefira as secadoras a gás. São mais caras, mas mais acabam gastando menos que as secadoras a eletricidade.

Produtos de limpeza e químicos

Estes são custos recorrentes e você precisa manter um estoque dos químicos usados na limpeza. Saponáceos, alvejantes, amaciantes e outros produtos são compras recorrentes em uma lavanderia.

Funcionários

É preciso contabilizar o salário de todos os funcionários que vão trabalhar na lavanderia. Existem duas coisas muito importantes a serem mencionadas aqui.

Primeiro, você precisa incluir seu salário, se você trabalha ativamente da empresa. Isso é chamado de pró-labore. É muito comum no Brasil os donos de empresa misturarem as contas da empresa das contas pessoais do dono. Isso acaba virando uma bagunça contábil e não por acaso, o governo pode punir duramente quem faz isso. A não ser que você seja MEI, não faça isso! Tenha seu salário e retire apenas o seu salário por mês. Uma vez por ano você poderá realizar lucro da empresa e fazer uma retirada maior, mas até lá, sobreviva apenas com seu salário.

Outra coisa é que os custos com funcionário não se restringem somente em salário. Existe uma infinidade de impostos, taxas e contribuições que o dono da empresa precisa arcar para cada funcionário. Este é um assunto bastante grande e vamos tratar melhor em um post futuro.

Outros custos administrativos

Material de escritório como papel, grampo, caneta, carimbos, recibos, energia elétrica da recepção, computadores, manutenção dos computadores, telefone e Internet, custos do carro de entrega (financiamento, combustível, impostos, estacionamento), publicidade e marketing…

Todos esses custos que não estão relacionados com a produção em si, mas são necessários para a realização do trabalho, devem ser levados em conta.

Impostos

Não tem jeito, se você quer ter um negócio legalizado e duradouro, você vai precisar pagar impostos regularmente.

Os principais impostos mensais são:

  • Simples (para micro e pequenas lavanderias)
  • ISSQN
  • Previdência Social dos funcionários
  • Imposto de Renda dos funcionários

Anualmente existem ainda outras taxas como Alvará de Funcionamento e Contribuição Social sobre Lucro Líquido.

Se você é MEI, então os custos com impostos são muito menores. Vale a pena ser MEI até começar a faturar acima do limite de R$ 7.000,00 mensais. Saiba mais sobre o MEI clicando aqui.

Mas se você não é MEI, é obrigatório a contratação de um contador para cuidar da contabilidade da empresa. Contadores normalmente cobram uma fração de um salário mínimo como emolumento.

Juntando tudo

A seguir, listamos todos os custos mensais que uma lavanderia tem:

  • Custos operacionais
    • Água
    • Energia
    • Gás
    • Funcionários de produção
    • Depreciação de equipamentos
  • Despesas administrativas
    • Aluguel
    • Assessorias e associações
    • Automóvel (caso possua transporte próprio para entrega)
      • Combustível
      • Financiamento
      • Impostos
      • Multas
    • Cartório
    • Contador
    • Combustível
    • Correios
    • Cursos e treinamentos
    • Empréstimos (juros)
    • Encargos com funcionários
      • Transporte
      • Alimentação
      • INSS
      • FGTS
      • Salários
    • Entregas
    • Equipamentos
      • Manutenção
      • Depreciação
      • Aquisição
    • Impostos e taxas
      • Alvará
      • IPTU
      • IRRF
      • PIS
    • Telefone e Internet
    • Licença de softwares
    • Limpeza
    • Material de escritório
    • Mercado
    • Publicidade
    • Pró-labore
    • Reformas
    • Seguros
    • Vigia
  • Impostos
    • Cofins
    • Simples
    • CSLL
    • ICMS
    • ISSQN
    • IRPJ

Como montar uma lavanderia: primeiros passos

O setor de serviços é o setor que mais cresce na economia brasileira. O mercado está aquecido o suficiente para que mais e mais pessoas deleguem tarefas do dia a dia para outras pessoas, nas mais diversas áreas.

Uma dessas áreas é o setor de lavagem de roupa. A correria diária faz com que muitos acabem pagando para terem as roupas lavadas já que não tem tempo ou querem aproveitar o tempo com lazer para combater o estresse.

Por isso, faz cada vez mais sentido montar uma lavanderia para suprir essa demanda. Neste artigo, vamos dar um apanhado por cima no que você precisa saber para montar uma lavanderia na sua cidade.

Demanda

Definitivamente, a primeira coisa que todo empresário deve conhecer antes de abrir um negócio é qual é a procura sobre o produto ou serviço que ele vai oferecer.

Isso está diretamente ligado ao público e ao local onde será inserida a lavanderia. Lavanderias são por definição serviços bem locais. Dificilmente um cliente irá percorrer grandes distâncias para recorrer ao serviço de uma lavanderia, a não ser que estejam procurando um serviço especializado.

Então é muito importante estudar os potenciais clientes na área em que você irá abrir a lavanderia. Algumas perguntas que devem ser respondias são:

  • As pessoas estão precisando de lavanderias nessa área?
  • Qual o poder aquisitivo dessas pessoas?
  • Elas procurar por um serviço self-service ou prefere que todo o serviço seja feito pela lavanderia?
  • Além de pessoas, existem empresas interessadas em terceirizar a lavanderia?
  • Que prazo os clientes esperam que seja atendido?
  • Eles querem que alguém busque e entregue a roupa?

Essas perguntas podem ser respondidas de várias maneiras. Você pode pagar uma empresa que vai fazer esse serviço de prospecção de clientes. Ou você pode simplesmente fazer essa pesquisa na rua, perto de onde você pretender abrir, parar e perguntar para as pessoas que passam na calçada.

O resultado disso pode ser modelo de negócios radicalmente diferentes, indo de uma lavanderia de porta na calçada com sistema self-service, até lavanderias de porta fechada que atendem exclusivamente outras empresas.

Investimento

O investimento necessário para abrir uma lavanderia não é alto, dependendo da situação.

A estrutura básica de uma lavanderia tem:

  • Uma recepção
  • Espaço de separação de roupas
  • Máquinas de lavar
  • Máquinas de centrifugar
  • Máquinas de secar
  • Mesas e ferro de passar
  • Cestos, cabides, embaladores e cabideiros

Para uma lavanderia de pequeno porte, é possível ter apenas 1 equipamento de cada. Se for atender apenas o seu bairro, este equipamento funciona. Mas lembre-se de comprar equipamentos de boa capacidade. Para evitar perda de serviço, pense em ter 2 equipamentos de cada para, caso um quebre, a lavanderia não feche. Uma lavanderia de pequeno porte, nesses termos, pode ser criada com R$ 20.000,00.

Para lavanderias tipo self-service abertas ao público em regiões de grande concentração de pessoas, os equipamentos devem ser completamente diferentes. Neste caso estamos falando de 5 lavadadoras e 5 secadoras, neste caso todas industriais. Uma lavadora industrial que lava e centrifuga varia de R$ 8.000,00 a R$ 40.000,00 reais.

Outro investimento é em relação ao número de funcionários. Para uma pequena lavanderia com atendimento ao público, é interessante pelo menos 3 funcionários: 1 lavadora, 1 pessoa na recepção e 1 motorista para buscar e entregar roupas. Isso claro, depende das necessidades da empresa.

Publicidade

Nenhum negócio sobrevive se as pessoas não sabem que ele existe. Portanto, o marketing e publicidade são essenciais. Para lavanderias, funciona muito bem o modelo tradicional de panfletagem, ou seja, distribuição de panfletos anunciando o serviço para pessoas da calçada e prédios residenciais da região.

Mas os modelos de marketing digital funcionam também, com bastante uso de redes sociais como Facebook e Instagram. Não esqueça de propaganda paga nessas plataformas, e também no Google, desde que sejam bem localizadas.

Custos mensais

Os custos mensais mais altos para uma empresa são:

  • Energia elétrica, por causa do maquinário
  • Água, por motivos óbvios
  • Gás, se utilizar secadoras a gás. Note que secadoras a gás acabam tendo um custo menor do que secadoras elétricas

Espere um gasto de perto de R$ 2.000,00 com essas contas, em uma lavanderia pequena.

Também é necessário lembrar do custo de funcionários. Além de salário, é preciso recolher INSS, FGTS e outros direitos.

Formalização

Mesmo no caso de uma lavanderia pequena, é muito importante formalizar a atividade. Isso acarreta custos, como pagamento de impostos, contador, etc. Mas traz também muito mais segurança e visão de futuro para a empresa.

Empresas maiores necessitam de alvará de funcionamento, pagamento de impostos e taxas, recolhimento de contribuições, licenças ambientais… A lista é grande e complexa e portanto é muito importante que você encontre um contador que seja parceiro da empresa, entenda do ramo e ajude a viabilizá-la.

Por outro lado, o profissional que está abrindo uma pequena lavanderia sem porta aberta, pode recorrer em ser MEI – microempreendedor individual. Nessa categoria, os impostos e burocracia são muito mais baixo, e ainda existe a possibilidade de ter um funcionário. A única contrapartida é que o faturamento mensal não seja superior a R$ 7.000,00

Qualidade do serviço

Mas a principal coisa que o empreendedor deve pensar, para garantir a longevidade e sucesso da sua lavanderia, é a qualidade do serviço.

Um serviço bem realizado, com atenção aos detalhes e superação das expectativas é o que garante a satisfação do cliente. Este cliente vai retornar a fazer negócio com você e vai gerar propaganda gratuita, trazendo mais novos clientes.

Não importa que tipo de lavanderia você crie, lembre-se sempre do bom atendimento e qualidade do serviço.

Conclusão

Esperamos que esse artigo tenha jogado alguma luz sobre o tópico de montar uma lavanderia para trabalhar.

Abrir qualquer negócio é um assunto bastante amplo e é muito difícil tratar de tudo em apenas um artigo. Mas a ideia aqui era impactar as pessoas que porventura tenham interesse em investir no ramo de lavanderia.

Em outros artigos iremos entrar e explorar melhor cada assunto levantado aqui.